29 de março de 2012

12 de maio de 2010

Omar Bacci: The Last Border In Earth

Hello!
Depois de uma semana de preguiça (o Osvaldo vai ter de me desculpar hehe), de puro ócio e de BENFICA CAMPEÃO!,lá tirei um tempo para concluir este trabalho que vinha se arrastando a dias e quiçá semanas.
Omar Bacci como anteriormente aqui tinha dito foi uma personagem que inventei em 2005, inspirei-me na Imperatriz Shi'ar,  Lilandramas a minha ideia era fazer uma personagem mais simples,menos majestosa contudo igualmente extraterrestre cuja imagem de marca são as tatuagens no rosto!


Neste ''The Last Border In The Earth''  tento mostrar o planeta terra como uma colónia extraterrestre e transformada num lugar impróprio para a vida humana, Onde a raça de Omar (ainda não inventei nome,sugestões são bem vindas) são os colonizadores e nós os colonizados!


Quem nos garante que na verdade não somos  ''ratos de laboratório'' para experiencias de outras espécies mais evoluídas?
Quem nos garante que o que fazemos da nossa vida foi na verdade decidido á priori  e programado por seres superioresNão me refiro a Deus.
Quem nos garante que não estamos apenas a ''aquecer o lugar'' para que outra espécie possa habitar e governar no planeta terra?


Enfim são tudo questões que nos levam a pensar e que fazem as delicias dos criativos,eu incluído :D


Muitas horas de Photoshop

9 de abril de 2010

The Spirit-Horse Of Cherokee

´´Ó Grande espírito-cavalo, cavalgue por nós, somos selvagens e livres

O rastro de lágrimas começou, para todos os Cherokees.
O homem branco veio, para o negócio e o intercâmbio
Mas então, ele não mais partiu.
Alguns de nós foram levados de barco para morrer no mar.
Aqueles que sobreviveram foram vendidos como escravos.

Nós os recebemos como irmãos, sem saber da sua ganância.
Nascemos caçadores e não presas, mas o homem branco caçava-nos.
Nós somos descendentes de animais, vivemos entre eles, livres.
O nosso rasto de lágrimas acabará um dia.

Ó Grande espírito, o pássaro do trovão voa, somos selvagens, somos livres,
Para lutar e morrer à céu aberto, espírito-cavalo cavalgue por nós.

Quando nós fazermos a dança do fantasma,a Águia voará,o Lobo uivará e o Búfalo retornará.
Pintámo-nos para a guerra, agora o sangue e o fogo juntos queimam.
Grande espírito fortalece-nos, leve-nos consigo para o céu.
Os Cherokee são bravos, Não temos medo de morrer.

Houve muita matança, Haverá muito mais.
O Curandeiro está a dançar, chama-nos para a guerra.
O machado canta com orgulho, e deixará o invasor morrer.
Ó Grande espírito-cavalo cavalgue por nós,somos selvagens e livres´´

Adaptação da canção dos Manowar ''Spirit Horse Of The Cherokee'' do Álbum ''Hell On Wheels'' de 1997

Muitas horas...PScs 3


29 de março de 2010

MetalChild : Slow Decease

De volta depois de umas semanas de Banda Desenhada,tive de  fazer alguns trabalhos para mim para desanuviar e para actualizar  o blog também. De volta estão também as MetalChild,  as minhas meninas robóticas estarão sempre presentes (tal como os adeptos do Benfica :P ) nos meus trabalhos.

Hoje é a vez de SlowDecease que foca um andróide depois de uma batalha refugiado num buraco a espera da ''morte'' morte esta que vem dolorosa e lentamente!

Este trabalho é mais uma das minhas experiências com a tablet, como  quis focar-me noutros pontos para além da luz e da cor desta vez brinquei com as texturas e com os volumes.Aproximadamente 3 Horas e meia Photoshop Cs3

14 de março de 2010

Propane Nightmares

Oie!

Eu sou um grande fã do Drum And Bass, também chamado de DNB, e muitas vezes quando estou a fazer os meus trabalhos estou a ouvir este genero musical, e em especial o grupo Australiano Pendulum,
Pendulum é talvez o expoente máximo do DNB da actualidade,com 2 álbuns lançados e um terceiro a caminho (que espero ansiosamente hehe) tem um repertório de Hits bastante vasto, que lhes permitiu ascender ao topo do movimento.Dentre várias ''malhas'' electrizantes e minuciosamente produzidas destaco ''Propane Nightmares'' o segundo single do segundo álbum ''In Silico'' e uma das minhas músicas favoritas.

Embora o DNB se caracterize pela batida e pelo ritmo rápido, Pendulum destaca-se pelas letras obscuramente exóticas, letras que focam temas como insanidade ou mesmo o fascínio pelo desconhecido, no fundo focam temas bastante criativos e que nos transportam para situações que na vida real jamais encontraremos...

Inspirei-me em vários temas deles para criar as minhas ilustrações e quis fazer uma pequena brincadeira com uma passagem da música.Posso dizer que o Drum n' Bass é a minha musa hehe

este trabalho foi feito em Novembro do ano passado,demorei 3 horas a concluí-lo

Para verem o vídeo oficial de Propane Nightmares cliquem aqui.

PAZ

5 de março de 2010

Perséfone: Rainha do Mundo Inferior

Hello!
Confesso que hoje estou muito satisfeito com este trabalho,é daqueles trabalhos que sentimos que fizemos tudo para que ficasse o melhor possível,confesso também que sou um rapaz que me farto facilmente de algumas coisas e de todos os meus trabalhos poucos foram os que senti que dei o meu melhor, na verdade apenas dois me deram a sensação de trabalho concluído, o primeiro MetalChild (Plantation Of The Droids) e este.

Desconhecida da maioria, menosprezada pelos que a conhecem, Perséfone é a personificação perfeita da célebre frase: ''Por detras de um grande homem existe uma grande mulher''. A deusa é conhecida por Coré (Quando está no olimpo) e por Perséfone (Quando está com seu marido no submundo) e  é filha de Zeus e da deusa da fertilidade dos campos e da agricultura, Deméter,e é uma das deusas mais belas da mitologia Grega,causando até inveja a Afrodite.

Perséfone tem um papel importante no equilibrio do ''inferno'' dividindo as tarefas o seu marido e tornou-se deusa-rainha das entidades Ctónicas!
Este trabalho foi feito em aproximadamente 6 horas com muitas pausas no meio hehe e foi também o meu primeiro tabalho feito totalmente  com uma tablet!

PAZ!

18 de fevereiro de 2010

Khthonios:Fallen in the Hades

Quando morremos para onde vamos?Eu não sei, nem ouso mais procurar saber (Sinceramente já me fartei de pensar nisso) os gregos diziam que iamos para o Hades (Reino dos mortos).Este Khthonios tem tudo a ver com a morte,com o Hades e com a surpresa de nos encontrarmos num sitio distinto,estranho e tenebrosamente calmo.Khtonios tem a ver com os espíritos,deuses e entidades subterrâneas,em Português chamadas de entidades Ctónicas.Os Deuses Ctónicos são as divindades terrenas, ligadas a terra,não tanto com a sua superfície mas sim com o seu interior, por outras palavras tem a ver com o mundo inferior.Quem é que não conhece Hades? (erradamente chamado deus da morte).Hades é o Deus supremo desse mundo e tem mais importancia do que normalmente se lhe atribui,ele é ao mesmo tempo um Deus Olímpico e Ctónico,ou seja divindade celestial e terrena,o ser mais interessante e intrigante do Olimpo,um complexo paradoxo entre o terreno e o divino e muitas vezes entre o bem e o mal.Este trabalho foca uma divindade outrora alada,outrora olimpica, agora perdida,derrotada e totalmente convertida em mais uma alma das infinitas que habitam o reino sombrio. 100% Digital

19 de janeiro de 2010

Omar Bacci


Pozdrav svima! Dois Mil e Dez é um ano novo e precisa de uma abordagem nova,Mas o que eu fiz foi trazer um conceito antigo e catapultá-lo para a actualidade,a minha actualidade.Eu tinha uma tarefa, a fazer uma ilustração para a capa do próximo número da Zona Sob o tema de fantasia (atribuída e bem a Carla) e estava sem ideias quando me lembrei que eu tenho uma pasta cheia de desenhos antigos a pedir uma nova abordagem (a tal abordagem que falava linhas acima) e das que estava disposto a reeditar estava esse Omar Bacci - desenhado primeiramente em 2005 - e foi logo a que mais me despertou o interesse.E pronto é só :p podem ver o primeiro desenho de omar aqui.4 horas aproximadamente